post

Abuso das Caixas prioritárias nos supermercados

Provavelmente já toda a gente reparou que os hipermercados têm uma caixa reservada a grávidas e mulheres com crianças de colo. No entanto, se não houver nenhuma grávida ou mulher com criança de colo nas “redondezas”, essas caixas podem ser usadas pelo comum dos mortais (desde que, se chegar uma grávida ou mulher com criança de colo lhes seja dada prioridade).

Como é habitual, a minha mãe lá me mandou às compras no pior dia do mês. E como eu esperava, tudo lotado. As caixas de supermercado estavam todas abertas e cada uma tinha pelo menos 20 pessoas à espera de serem atendidas.

Como não valia a pena fugir dali para fora, após as compras coloquei-me numa das caixas. Não tinha reparado que era uma caixa prioritária a grávidas e pessoas com bebés. Não me importei e mantive-me na fila. Eis que deparo com uma situação caricata entre uma mãe grávida às compras com os seus 2 filhos e um pai com um bebé num carinho de bebé. O pai, consciente que tinha direito à passagem lá ultrapassou as pessoas todas e ficou na fila. Quando chegou a mãe com os seus 2 filhos pediu para passar e não é que o raio do homem não a deixou? Com que lata é que ele tem o direito de trazer um filho num dos piores dias do ano, ainda por cima com carrinho e não deixa passar a mãe grávida e com os 2 filhos? O homem mostrou uma verdadeira falta de civismo e acabou por ser “massacrado” pelas outras pessoas. Foi tão massacrado que acabou por sair da fila e ir para outra (mas bem lá para trás).

É triste ver pessoas que se aproveitam destes benefícios só para não estar na fila do supermercado. Da outra vez tinha sido uma rapariga, supostamente grávida de 13 semanas, com algumas amigas dela, que tentou fazer o mesmo mas que viu negada o atendimento prioritário pela operadora da caixa porque às 13 semanas a barriga ainda mal se nota!

post

Primeiro mês de dieta cumprido!

Fui esta semana ter a “ingrata” consulta com a nutricionista para ver se consegui perder o peso que ela pretendia. Dei-me ao trabalho de não me pesar a semana passada para ter a oportunidade de ver em primeira mão se os resultados eram os esperados após rigoroso plano alimentar.

No momento de pesar-me na balança eis que vi que tinha perdido seis quilos(!), mais 1 quilo que foi estabelecido como meta pela nutricionista. Fiquei mesmo contente e tomei consciência que é mesmo possível, com algum esforço, conseguir perder peso de forma saudável e sem muitas chatices. O segredo? Paciência e muita, mas mesmo muita força de vontade.

Ao longo de 1 mês na dieta, tive várias oportunidades para comer um bolinho de arroz ou mesmo encher o prato até não puder mais. Felizmente, resisti às tentações e consegui controlar-me. No início do plano, fazia-me alguma confusão estar sempre a comer saladas quando via os outros a comerem coisa melhor. Acabei por entrar na rotina e agora já sinto a necessidade de comer as vezes necessárias diariamente sem passar fome.

Dieta

Já foi estabelecido um novo plano alimentar para o próximo mês, o único destaque é mesmo passar a comer mais peças de fruta por dia e também comer iogurtes, algo que ainda não tinha comido no plano anterior.

Ao menos tenho uma boa notícia: já tenho direito a comer um doce por semana! Infelizmente, surge na pior altura. A época natalícia não vai correr muito bem para mim. Vou sentir saudades de comer as rabanadas e o pudim de natas da minha tia! :S

Enfim, são os pequenos prazeres que estão adiados para mais daqui a alguns meses. Vamos lá ver se consigo atingir a nova meta: menos 6 quilos no final de Janeiro!

Evolução:

  • Peso inicial: 119 kg (sim, sou um gajo pesado) | Massa magra: 75 kg.
  • Peso actual: 113 kg (- 6 kg)
  • Objectivo inicial: 97 kg (processo longo e complicado mas espero que corra tudo bem!)
  • Objectivo final: 85 kg
post

Akinator, o Oráculo que adivinha quem estás a pensar

Foi-me indicado um link para este jogo e devo confessar que me diverti! O oráculo Akinator consegue adivinhar qual é a personagem em que estão a pensar (real ou imaginária – desde figuras conhecidas que existiram/existem, passando por personagens de ficção e por pessoas que nos sejam próximas – aí, obviamente, não adivinha o nome, mas sim se estamos a pensar no namorado(a), num familiar, num amigo, etc..).

Com algumas perguntas ele tenta adivinhar em quem estás a pensar. Experimenta pensar no Son Goku, no Homem Aranha ou nas Tartarugas Ninja… é bem provavel que ele acerte. Diverte-te! E sim, também conhece portugueses! Desde o Cristiano Ronaldo passando pelo José Sócrates e inclusive Mónica Sintra. Wow!

Gostava de saber como é que isto funciona. Pensei numa BD cheia de booleans e ele vai melhorando a query de pesquisa ou então, é um sistema de tags que ele utiliza para pesquisar no Google. Eu aposto que é a primeira. 😡

Deixo o link para testarem por vocês mesmos:

http://en.akinator.com/

post

Konami Code

Recentemente, tive o privilégio de ser uma “vítima” de uma brincadeira destas. No comentário do Facebook do meu primo, vi referência a um pequeno truque que faz com que apareçam uns círculos depois a seguinte sequência de teclas:

Qual o meu espanto quando reparei que o que ele se estava a referir era o Konami Code criado por Kazuhisa Hashimoto em 1985, o developer da Konami que procurou “ajudar” o jogador a passar o jogo Gradius para a NES. Este código foi passado de geração em geração nos vídeo jogos e para além da Konami, muitas editoras incluíram também o código nos seus jogos em jeito de homenagem.

Existem referências ao Konami Code em letras de músicas, t-shirts e até em alguns sites como o Digg e o Google Reader (e agora o Facebook), por isso estejam atentos, experimentem introduzir o Konami Code em jogos e sites, nunca se sabe quando podem descobrir algo escondido! 😀

Btw, se quiserem ver o Konami em acção no Facebook aqui está o vídeo:

Get the Flash Player to see this content.