Ai o turno das manhãs

No meu emprego há turnos. Desde que comecei a trabalhar neste emprego sempre tive o mesmo horário (09:00 às 17:30 com hora de almoço incluída). Agora que estou quase a terminar o meu período de avaliação,comeceu esta semana a trabalhar por turnos (entro às 07:00 !). Por um lado, tenho a vantagem de sair do trabalho a uma hora relativamente boa (15:30) e tenho algum tempo para fazer aquilo que a maioria da malta não consegue fazer, por estarem ainda a trabalhar. Por outro, tenho o simples inconveniente de ter que estar já acordado às 05:30 para me poder preparar e deslocar-me ao meu emprego.

Ora até entrar no ritmo, estes primeiros dias têm sido completamente loucos. Não tenho qualquer problema em chegar ao trabalho e começar a trabalhar a sério. Mas depois do almoço, o bocejo é mais forte e o desejo por cafeína está em níveis altos. Não posso fazer nada mas pelo menos sobreviver neste ritmo até Domingo pois, também começo a trabalhar aos fins de semana. Sem dúvida que isto vai ser uma experiência muito interessante. Até ao momento quando saio do trabalho, sinto que ainda fica muita coisa por fazer. Vamos lá a ver como me porto. Pelo menos uma coisa boa, para a semana estou de FÉRIAS! 😀

Trabalhar de manhã

 

Uns peanuts

Depois de vários meses de ausência, eis que decidi tornar a escrever. Porquê? Não sei, talvez apenas pela necessidade de escrever e partilhar as coisas que vou vendo no mundo virtual e real. Tenho estado a trabalhar e o tempo não me permitia muita dedicação. O meu regresso efectivo à blogosfera será dentro de pouco tempo.

Não posso falar ainda dos meus projectos, mas eles existem e recomeçarão em breve. Posso andar desaparecido, mas tem havido muito trabalho de bastidores!

Para a frente é que é o caminho!

charlie Brown

post

Mais uma vergonha do futebol português

União de Leiria

Desde à muito que eu sabia que o presidente demissonário da União de Leiria, o senhor João Bartolomeu iria acabar com a União de Leiria. Autor de diversas declarações desadequadas e lamentáveis, acaba por ter um papel determinante num possível fim de um histórico clube português, que já perdeu o estádio devido a dívidas antigas.

A situação deste clube para com os seus jogadores que a seu bem, decidiram reagir e não prolongar mais uma história disfarçada do futebol português, é uma de vários casos na Liga Portuguesa. “Ajude a União de Leiria, Futebol SAD neste momento em que tão precisa é essa ajuda.” Esta frase, presente num comunicado leiriense à Federação é, independentemente das críticas feitas no comunicado pelo Leiria, ridícula. Não compete à Federação funcionar como Santa Casa da Misericórdia, até porque isso introduziria novos desajustamentos, na impossibilidade de pagar as dívidas de todos os clubes.

O rasto de tudo o que de podre pode ter o futebol português ainda vai ficar maior, depois do fim da época. Adeus União de Leiria, who’s next?

post

How I feel today

How I feel today

Pronto para sair do exílio, que é nada mais do que parar de coçá-los e recomeçar a fazer uma das coisas que eu gostava de fazer: escrever! Muito mudou em 8 meses desde que estou no UK e felizmente, a aventura está a correr-me bem. Muito para apontar, contar e escrever. Vamos é ver se é desta que eu vou a algum lado com o meu blog e com a Tugatrónica. Eu culp o Facebook e o Twitter, que praticamente acabaram com a minha existência nos blogs. 🙂

Deixo-vos com um vídeo para se inspirarem e fazerem como eu: arregaçar as mangas!