post

Balanço de 2009

Balanço do ano 2009

Com o novo ano a começar, muitas pessoas fizeram a sua retrospectiva do ano anterior. E tal como no ano passado, também eu vou fazê-lo.

Em termos pessoais, 2009 foi um ano que me fez pensar no meu modo de viver. Tais pensamentos acabaram por me afastar das coisas que eu estava e gostava de fazer e viver isolado de tudo e todos. Sei que estas divagações acabaram por acontecer e felizmente, passei esse período complicado da minha vida. Para além disso, foi o ano em que decidi, finalmente, fazer alguma coisa quanto ao meu excesso de peso.

No que se concerne à família, 2009 ficou marcado por várias motivos. Os meus pais fizeram 25 anos de casados; o meu cota completou um marco histórico na vida de uma pessoa: atingir os 50 anos e, ainda por cima, sentir-se 20 anos mais novo graças à intervenção cirúrgica efectuada no Verão para desfazer a colostomia que teve que fazer em 2007. Por outro lado, 2009 ficou também marcado pela decisão do meu primo de Inglaterra vir para Portugal, passar algum tempo cá com a minha família e arranjar emprego neste cantinho da Europa.

Em termos profissionais, o ano de 2009 ficou essencialmente marcado por mim pelo facto de ter conseguido arranjar o primeiro emprego oficial, 5 meses após a conclusão da minha licenciatura. Acabei por encontrar um excelente grupo de colegas e amigos que me vão marcar bastante durante o resto da vida e para já, estou satisfeito com o trabalho que tenho feito durante o estágio.

Em termos de blogosfera, foi um ano bastante ingrato. Acabei por abandonar o TugaSport e deixar a Tugatrónica sem rumo por algum tempo por motivos já referidos em cima. Em Dezembro, devido a uma surpresa bastante curiosa, acabei por começar com a renovação do blog e que será visível brevemente. Quanto ao meu blog pessoal, para além das inúmeras mudanças de temas WordPress, este ano passou a ter domínio próprio.

No plano desportivo, o meu Sporting teve a pior ano de sempre com goleadas históricas e exibições paupérimas que propagaram até esta época e que levou ao nosso “estimado” Paulo Bento a sair pela porta dos fundos. As minhas idas a Alvalade passaram a ser auto-mutilações constantes e muita, mas muita tristeza e raiva. Espero que em 2010, o Sporting recupere o estatuto de grande, embora saiba que isso não vá acontecer.

E pronto, acaba por ser um ano aceitável. Na passagem de ano acabei por não fazer grandes resoluções. Portanto, não tenho mais nada a acrescentar. Bom ano para todos 🙂

One thought on “Balanço de 2009

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *