post

Ubuntu Karmic 9.10 com estreia para a semana

Para a semana (29) sai a versão oficial do novo Ubuntu. Hoje, alguns dias depois do Ubuntu comemorar 5 anos de existência, foi lançada a RC do Ubuntu 9.10 Karmic Koala e, como sempre, apresenta várias novidades, tanto nos aspectos gráfico como no pacote de aplicações padrão que vem instalado.

Logo no Boot feito pelo LiveCD já é possível perceber que há mudanças bem perceptíveis. O ecrã de “loading” foi reformulado, e está muito mais bonito e atraente, com novos efeitos. Além da aparência, o sistema de boot também foi melhorado, e está mais rápido. O Ubuntu deverá carregar-se completamente em 5 segundos em máquinas que possuam discos SSD e 25 segundos para máquinas com HD.

O Karmic Koala apresenta também o Eucalyptus, uma ferramenta de código aberto que possibilita que as empresas desenvolvam ambientes de cloud computing nos seus datacenters.

O sistema de ficheiros por omissão é o ext4, o que torna mais rápido o acesso ao disco.

Na desktop, é possível perceber que os ícones dos menus e das aplicações estão diferentes. Foram melhorados, e estão bem mais agradáveis, A cor predominante no tema padrão também foi alterada, a qual deixou de ser o tom alaranjado passando a ser o marrom.

No entanto, uma das maiores novidades desta versão (talvez a maior de todas) é a Ubuntu Software Store, a AppStore do Ubuntu. Trata-se de uma funcionalidade que pretende unir de todas as maneiras possíveis aquilo que o Ubuntu apresenta hoje para a instalação/desinstalação/actualização de aplicações. Se for como prometem vai ser um funcionalidade muito melhor que o “Adicionar/Remover” programas do Windows, por exemplo (que só remove e ainda deixa lixo dependendo da aplicação).

Já efectuei a minha pré-encomenda de CDs para virem cá para casa e instalar depois 😀

Deixo-vos com o link para download se quiserem experimentar a RC:

post

Debian 5.0 “Lenny” lançado como estável

Já uso Debian à cerca de 3 meses e quase nunca me deu problemas (excepto uma ou duas vezes). Comecei com o Etch mas rapidamente passei para o Testing e notei uma diferença abismal. Agora, ao fim de 22 meses de desenvolvimento, foi lançado a versão estável do Debian GNU/Linux 5.0, também conhecido como Debian Lenny. Para os menos atentos, o Debian é uma distribuição que serve como base para muitas outras, como o famoso Ubuntu. Funciona em 12 arquiteturas diferentes, desde computadores simples até aos supercomputadores, inclusive netbooks, como o ASUS Eee PC e inclui vários ambientes gráficos como o KDE, GNOME, Xfce e o LXDE.

Debian Lenny

Na questão dos softwares, o Debian continuou bem conservador: vem com o KDE 3.5.10, GNOME 2.22.2 e Xfce 4.4.2 como ambientes gráficos. Outros softwares incluídos e que se destacam são o OpenOffice.org 2.4.1, X.Org 7.3 e GIMP 2.4.7. O Iceweasel e Icedove (versões baseadas no Firefox e Thunderbird, respectivamente) encontram-se nas suas últimas versões: 3.0.6 e 2.0.0.19. Também está em destaque a compatibilidade com o FHS v2.3 e o software desenvolvido para a versão 3.2 do LSB.

Para saberem mais, sugiro ler o artigo publicado com os principais detalhes do Debian 5.0 no Open Mania.

Como são muitas formas de download, seguem os links principais do projecto Debian:

post

Powered by Debian

Comecei uma nova aventura no Linux desta vez, pela distro Debian. Já vi as potencialidades que o Ubuntu pode trazer para os que pretendem começar no Linux. Agora é a vez de conhecer a “mãe” da distro e começar a mexer nele.

A instalação correu praticamente sem complicações tendo apenas apresentado problemas na instalação dos componentes de rede. O instalador não conseguia identificar a minha placa de rede nem a minha placa wireless e, após a execução do ambiente gráfico, o problema de sempre em qualquer distribuição Linux que utilize: sem som.

Com as dicas do Bruno Miguel e com a ajuda do excelente suporte dado pela Debian no Canal IRC consegui resolver estes problemas. Ainda tenho uns bugs por resolver aqui ou ali, mas já é de notar algumas diferenças em relação ao Ubuntu, as quais tentarei explicar num artigo próximo.

Mas para já deixo-vos uma amostra do ambiente de trabalho, já um pouco alterado (o wallpaper por padrão do Debian que instalei é feio).

Debian Desktop

post

As eras da Internet

Pessoal peço-vos desculpa por os últimos posts estarem apenas limitados a conteúdo humorístico e tal mas para além de estar meio adoentado desde 5ª feira, estou ocupado a tratar do fórum Webtuga com reestruturação de secções e para além disso, a resolver os problemas dos PCs dos amigos que andaram-me a pedir ajuda já faz alguns meses, mas que não podia ajudá-los na altura visto andar ocupado com o meu projecto final.

E agora pelos vistos até conseguir arranjar entrevistas para o emprego vou andar a trabalhar com o meu pai e mais ocupado vou estar.

Farei os possíveis para abranger mais temas (possivelmente uns posts sobre a nova aventura no Linux desta vez pela distro Debian).

Para não variar deixo-vos uma imagem a referir-se sobre a diferentes Eras da Internet 🙂

Eras da Internet

Imagem via The Fucking Shit

post

Ubuntu Live 2008 cancelado

Foi cancelado, assim do nada, o Ubuntu Live 2008 que ia se realizar nos dias 21 e 22 de Julho, um evento onde a Canonical procura reunir especialistas para falar sobre a distribuição Ubuntu.

O pessoal que ia falar, foi silenciosamente notificada do cancelamento e mesmo o site do evento foi actualizado no próprio dia.

Ubuntu Live 2008

O evento, ia-se realizar juntamente com a OSCON, Convenção O’Reilly de Open Source (21 a 25 de Julho no mesmo local), mas a Canonical revelou apenas que ia incluir pequenas informações sobre o Ubuntu na convenção a realizar-se em Portland, EUA.

O Ubuntu Live 2007 contou com a presença de 750 desenvolvedores, especialistas TI e hackers. Não se sabia quantos é que atenderiam ao evento deste ano.

post

Ambiente de trabalho em forma de uma esfera!

Quem diria que era possível ter um ambiente de trabalho na forma de cubo? Foi uma das razões que levou-me a experimentar linux quando soube que isto era possível. Agora nunca me passava pela cabeça ter um desktop esférico! Isso sim, é ainda mais genial do que o cubo.

Desktop esférico

Mal posso esperar para quando sair um update do compiz que inclua estas formas. Sim, porque vi que ainda mais coisas fantásticas vêm aí passando pelo restante blog. É claro que deverá necessitar de uma boa placa gráfica de forma a suportar a aceleração 3D, mas se no meu não tenho suporte e consigo o cubo porque não sonhar? 😀