post

Tomada de posse de Barack Obama é hoje

Barack Obama

Hoje, dia 20 de Janeiro será um dia histórico para os Estados Unidos da América. Barack Obama irá suceder a George W. Bush na presidência dos EUA e será oficialmente o primeiro afro-americano eleito presidente daquele país. O próprio Martin Luther King estaria muito orgulhoso por ver chegar este dia, mas todos nós sabemos o que aconteceu com ele.

Barack Obama irá se tornar o 44º presidente e muitos esperam dele uma lufada de ar fresco na política norte-americana. Por agora, não podemos dar a nossa opinião quanto ao que fez mas sim o que fará, mas deixem-no apreciar este dia. Afinal, não é todos os dias que alguém se torna Presidente de uma potência mundial. 🙂

Site Oficial da Tomada de Posse de Barack Obama

Se quiserem saber ao pormenor aquilo que se vai passar na tomada de posse podem consultar o site oficial para isso. Contem todas as informações necessárias, demasiadas informações até. Aquilo para um ataque terrorista deve ajudar muito. Não vale a pena eu citar aqui sites que irão transmitir em directo a tomada de posse porque isso vai estar em todos os lados: na TV, na radio, na Internet e nos telemóveis. A LifeHacker compilou um artigo com várias sugestões para assistir ao evento.

post

Já começou

Ainda Barack Obama nem tomou posse como novo presidente do país do Uncle Sam, já começam a surgir as habituais piadas. Esta recebi por mail de um colega meu e o que eu me fartei de rir.

Barack Obama Money

“Obama is not only the first black US President but also the first black man with nukes.”

Pessoalmente, sou uma pessoa que adora rir. Posso me rir de coisas tão parvas até às óbvias. Não tenho o sentido de humor para fazer rir (ao contrário do meu pai) mas sou daqueles a quem contam uma piada e não consegue parar de rir. Até mesmo das piadas secas, desato-me a rir que nem um doido. Um exemplo disso, é aquela do átomo que contou a outro átomo que achava que tinha perdido um electrão. O outro perguntou como é que ele sabia. A resposta: “Estou positivo”. :mrgreen:

Enfim, um post de humor não faz mal a ninguém de vez em quando, e vejo que acabei por fugir ao assunto deste post. Não faz mal, só queria mostrar mesmo a imagem e o comentário. 😉

post

Obama vs Clinton com Magic Wall pelo meio

Não tenho por hábito seguir a política ao detalhe. Sei por alto como vão as coisas (más) e sei quais são os acontecimentos mais importantes na política internacional. Ora ontem de madrugada calhou a televisão estar ligada na CNN. A notícia do dia pelas terras do Uncle Sam era mesmo as primárias em Vermont, Rhode Island, Texas e Ohio, sendo que estas duas últimas eram as mais importantes e onde era impossível declarar um vencedor à partida.

Durante todo o programa tive a oportunidade de ver o multi-touch da Perspective Pixel ou o Magic Wall como chama (aquilo é mesmo lindo!). O jornalista mostrava em cada cidade do Texas e clicava numa região, e a mesma aumentava e mostrava a percentagem de votos ganha de cada candidato. Depois, afastava os dedos, do centro do mapa, para as extremidades, e o mapa do estado ampliava-se. E assim consequentemente durante todo o tempo que estive acordado. Não sabia que a CNN já tinha recurso a esta tecnologia. Fui ao YouTube e encontrei que já antes tinham usado isto, na altura do Super Tuesday.

Bem, sonhando à parte e voltar à realidade. Do lado dos Republicanos, já se esperava John McCain como o candidato à Casa Branca. A incógnita estava (e ainda está) no lado dos Democratas, ou Obama ou Clinton. Os cidadãos de Vermont e Rhode Island votaram naqueles que à partida previa-se: o primeiro em Obama e o segundo em Hillary. A festa das Primárias estava mesmo concentrada nos estados de Ohio e Texas. Em Ohio, Hillary Clinton conseguiu cerca de 54% dos votos. Estava 2-1 para Clinton.

Em Texas, Obama estava na frente, até que Hillary com um golpe de génio consegue ultrapassar o seu inimigo e ganha cerca de 51% dos votos daquele estado. Resultado: 3-1 a favor da mulher de Bill Clinton.

Até este ponto, parece que está decidido, Clinton é a candidata democrata a Washington. Enganam-se. Para já, porque faltam ainda outros estados e porque existe uma coisa nos Estados Unidos, delegados e a maioria foi conquistada por Obama.

Resumindo, Clinton ganha o voto popular mas Barack Obama é quem tem o poder. Nunca se viu nada assim! É um combate de boxe autêntico! Toma lá, dá cá. Têm até à Convenção do Partido Democrata para conquistarem o máximo de delegados possíveis: 2.025. Vamos lá ver o próximo round. Quem ficará KO?

Obama-Clinton