post

Viva! Mais um protesto inútil!

Pelo anúncio da DECO a dizer para o pessoal não ir abastecer às bombas no próximo sábado o que tenho a dizer é que não me vai fazer a mínima diferença. Para não ir abastecer no sábado vou abastecer na 6ª feira ou mesmo no Domingo, o que muitos provavelmente também farão. Daí, a iniciativa da DECO em protesto contra o aumento dos combustíveis ser, tal como houve algum tempo atrás, uma perfeita inutilidade.

Ladrões!

Já estamos nisto à meses e só agora é que começam a falar? O preço do petróleo por barril tem vindo a descer, os preços dos combustíveis continuam a aumentar e o povo português mesmo que proteste, não é ouvido por ninguém. Os lucros valem mais que as palavras e enquanto a Autoridade para a Concorrência e o Governo manterem-se na sua boa vidinha podem protestar à vontade que ninguém vai ouvir. Nem mesmo com petições.

O pessoal precisa do carro. O carro precisa de gasolina. Estavam à espera do quê?

E não se pode esquecer o facto da BP e da CEPSA, para tentar enganar, baixar o preço da gasolina em 8.3 cêntimos e o gasóleo 4 cêntimos, tal como a REPSOL (3 cêntimos a gasolina sem chumbo 95 e 1 cêntimo o gasóleo) a partir da meia noite. Esquecem-se que voltaram aos preços que estavam duas semanas atrás…

Vocês sabem quando o dia corre mal?

  1. Quando não ouves o despertador e sais a correr para a faculdade;
  2. Quando a dois minutos da faculdade o carro avaria;
  3. Quando faltas à primeira aula a tentar arranjar o carro (e não consegues);
  4. Quando sais das aulas às 17:30 e tens de ficar à espera que o teu pai te venha buscar;
  5. Quando o teu pai finalmente chega às 21:30 para arranjar o carro;
  6. Quando estás na auto-estrada e o teu pai vai atrás no carro dele a ver se não há problemas;
  7. Quando passas a última portagem e vês o teu pai a afastar-se (o carro aguentou até agora porque não mais 5 minutos?);
  8. Quando o teu pai já vai longe e o carro avaria-se novo;
  9. Quando estás sem bateria no telemóvel e tens de esperar que o teu pai se aperceba que afinal o filho não vem atrás;
  10. Quando o teu pai fica meia hora a arranjar o carro na auto-estrada (os coletes são muita loucos);
  11. Quando a assistência rodoviária pára e já estás a arrumar tudo;
  12. Quando chegas a casa às 23:35;
  13. Quando vês o teu pai a sair para a garagem e ir arranjar o carro, que continua com problemas quando a família diz para deixar estar e arranjar amanhã;
  14. Quando ele vai na mesma e ficas com remorsos…

Ainda pensam que o dia correu mal?