post

Notas dos filhos via SMS em Espanha

Uma pequena curiosidade no nosso país vizinho. O Programa de Inovação Tecnológica para a Administração de Centros e Alunos está com uma novidade para os pais e talvez um pesadelo para os filhos. Os pais irão passar a receber, via SMS, informações relativas às notas e faltas dos seus filhos, segundo anunciou a Secretária da Educação em Valência.

O supercomputador ITACA é o responsável por ligar os institutos de ensino às famílias, permitindo que, através destes envios, os pais comprovem, em tempo real, a evolução académica dos seus filhos.

Notas dos alunos via SMS

Esta iniciativa entrará em vigor em 97% dos estabelecimentos de ensino, ainda este mês e irá possibilitar também que os dados sobre os atrasos, bem como o calendário de exames e  actividades extra-curriculares sejam actualizadas e enviadas aos pais.

A adesão ao sistema é voluntária e, para isso, os pais tem apenas que se inscrever no site da Secretaria da Educação para receber as notificações pelo celular ou por e-mail.

O projeto iniciou, em fase piloto, abrangendo cerca de uma centena de estabelecimentos e mais de 35 mil alunos, estando já prevista a sua expansão a todo o ensino primário e, em 2009/10, ao ensino secundário.

Por cá sei que existe uma empresa que está já a implementar isto em algumas escolas e cheira-me que alguns filhos vão levar das boas 😀

Via PeopleWare & iGOV Central

post

Uma pequena curiosidade sobre o Magalhães…

No blog oficial d'”O Magalhães” num artigo, temos a seguinte citação:

Fernão Magalhães acabou por deixar contentes portugueses e espanhóis aquando da sua circunavegação à volta do mundo. Agradou-nos a nós dado ter reclamado o feito enquanto português que era, e à Espanha, uma vez que foi ao serviço de Castela que deu a volta ao mundo.

A razão de Fernão Magalhães ter oferecido os serviços à Espanha, a D. Carlos V, foi que o nosso estimado rei D. Manuel I recusou dar uma recompensa ao navegador por este ter realizado grandes feitos nos 9 anos de serviço à Coroa Portuguesa.

SocratesMagalhaes

Agora se transferirmos isto para os dias de hoje, temos que Sócrates procura não seguir as tendências dos nossos antepassados. Continua (tal como o vendedor das feiras) a dizer que vai oferecer 500 mil. Mais à frente diz que a oferta é só para os alunos do Escalão A, e os do Escalão B pagam 2o € e os outros pagam 50€ para finalizar com a venda a 285€ cada um. Tal como para os portáteis que eram todos de borla e passaram para 150 € fora o dinheiro para a TMN, nota-se que o portátil para os mais novos é mais caro que o do programa e-escolas. Logo não vejo nenhum serviço realizado a Portugal senão dar aos putos liberdade para aprenderem a remover os protocolos de segurança do controlo parental (que por sinal vem desligado por defeito porquê?????) e conhecerem o darkside da Internet.

Interessante não é amigo Sócrates Magalhães? Enquanto um rei não tem dinheiro para oferecer, um 1º ministro procura de todos os lados esse dinheiro. Sem esquecer a estimada ministra da educação Maria de Lurdes Rodrigues que diz esperar por uma taxa de aprovação de 100% no 9º ano neste ano lectivo…

Não estou contra a iniciativa mas sim, alguns pormenores que precisavam ser ditos e não são.

A imagem foi praticamente roubada daqui.