post

Can’t wait for it!

The days where a phone simply was used in making calls (and, if you were really blessed, taking terrible pictures) happen to be well and truly over. In the last years we’ve seen a new challenge behold us. This challenge started with Apple’s iPhone and nowadays every single manufacturer has their own smartphone.

After years of admiring Apple’s iPhone and envying Google’s Nexus One, it’s time I should acquire a smartphone! Lately (a long time), I’ve been putting some money aside in order to give myself a well deserved present that represents what I accomplished: drivers license, university graduation and first employment. Next month I’ll be joining the smartphone squad and I am darn proud about it.

The key features of a smartphone all depend on the make or model someone decides to purchase, however the bare minimum specifications to look for or take into account in acquiring a smartphone and since there is know a wide variety of them, I’ve decided to acquire the HTC Desire!

HTC Desire

This is a phenomenal phone – one of the best I’ve seen. The screen is lovely, the design is slick and the 1 GHz processor makes everything happen in a flash – all I want from a smartphone. Sure, some people will want slightly nicer design or a simpler home screen and richer app store at the moment but as a piece of hardware it’s without par in the mobile world. And even more importantly Android 2.1 supported, woo hoo!

I can’t wait for it’s arrival 😀

post

899 Euros pelo Nexus One – um roubo

Eu tinha a intenção de comprar o Nexus One assim que ele saísse em Portugal. Portanto pus na consciência que a partir de Março iria gastar uns trocos na compra do smartphone da Google.

Eis quando me deparo que a FNAC (já devia estar à espera) antecipou-se à Vodafone e coloca a partir de amanhã o Nexus One à venda por uns meros 899 Euros livre de operadora! O preço é um balúrdio visto que a própria Google quando anunciou o Nexus One iria custar 529 dólares desbloqueado e 179 dólares num contrato de fidelização de 2 anos à T-Mobile.

Nexus One à venda na FNAC

A um preço desses faço um bom pc com uma boa placa gráfica. Só aqui em Portugal, sempre caro isto até é um país com salário mínimo alto, isto não é um telemóvel de estilo, mas sim um telemóvel prático e muito completo , não se justifica em nada este preço absurdo.

A FNAC quando chegou ao mercado tinha preços imbatíveis e assim arrumou para o lado lojas como a Valentim de Carvalho, Loja da música, discoteca Roma, entre outras. Mas passados 10 anos parece que os preços agora já não são tão baratos. Infelizmente sei que existem pessoas no país que vão comprá-lo por este preço, o que até dá pena. Meus amigos poupem e esperem mais uns mesitos.

Se a Vodafone eventualmente considerar vender o N1 a este preço, vou ter que considerar a minha compra e pensar noutro smartphone como o Bravo ou o Passion da HTC que já me foram recomendados.