post

Tugatrónica V2.0: Está quase

Hoje a nova theme levou um grande avanço, está a conquistar todos aqueles que estão a trabalhar na theme. Os outros administradores do Webtuga, cenourinha e louro também acharam que a nova versão do TT está a ficar brutal.

Estimava lançar a nova theme hoje mas devido ao tempo e questões de css não foi possível isso. De certa forma ainda bem, porque provavelmente não teríamos as ideias que tivemos hoje. O esforço por um novo tema tem sido um dos meus objectivos deste ano para a Tugatrónica. Depois vou-me preocupar para tentar recuperar o TugaSport que é o blog da rede Webtuga que está mais ao abandono.

Entretanto, deixo-vos com os planos que ainda faltam implementar para a Tugatrónica V2.0:

  • Novo look ao logo do Tugatrónica
  • Melhoramentos ao footer
  • Alterações na zona dos comentários
  • Actualização do blog para a versão do WordPress actual
  • Instalação, actualização e desinstalação de plugins.

Não se preocupem, conto ainda lançar este mês o novo tema.

Tugatrónica V2.0

Nota: Ainda continuo de greve em relação aos posts. Mas não deixei de trabalhar para a Tugatrónica.

post

Cresci com o Webtuga (parte I)

Webtuga: o fórum de todos nós

Estou numa fase muito positiva em que tudo corre bem e sinto-me bem ao mesmo tempo. Já fazia algum tempo que não me sentia assim feliz e espero que esta fase fique por mais algum tempo. Hoje resolvi pensar na minha vida como membro do Webtuga:

Desde que comecei a conhecer mais a Internet por dentro, já que antes de me registar no Webtuga era daquele tipo de user que simplesmente navegava por este mar informático sem ligar muito a fóruns, MSNs ou chats no IRC, aprendi a fazer mais coisas com computadores do que aprenderia sozinho (o meu método era aprender somente quando precisasse de executar determinada tarefa).

Agora, quase 2 anos e meio depois, posso dizer que aprendi muita coisa graças ao Webtuga. Recordo-me de um tópico postado no fórum a perguntar se o Webtuga mudou as nossas vidas. Posso dizer que sim. Mudou muito a minha vida. Para além de ser um fórum onde o pessoal ajuda (ainda que haja alguns utilizadores que simplesmente estão a mais e não têm respeito pelos que se registaram recentemente), é também um fórum com uma rede de blogs. A rede de blogs Webtuga. Estranho. Depois de ter escrito esta parte veio-me à memória o momento em que um tal de cenourinha (o boss de todo o Webtuga) me adicionou no MSN e começou a falar comigo sobre algumas coisas do Webtuga. Pouco depois tornei-me na ligação entre utilizadores do fórum e a equipa Webtuga da altura (cenourinha, radikal-rider, Caneco, KhAoTiK_TaChYoN, lycosman, BigPower, masterhard, nDray e Ghetto_Smurf) e passei a exercer o cargo de moderador oficioso (palavra cara para dizer: tinha os poderes para agir como um moderador normal mas não oficialmente), acompanhando as várias reuniões da equipa Webtuga e participando activamente no fórum e ao mesmo tempo conhecendo pessoas muitos mais sábias que eu e, no qual, tinham o meu maior respeito por eles.

À medida que o tempo foi passando, fui adquirindo cada vez mais conhecimentos de áreas de que nunca ouvira falar, quanto mais perceber. Paralelamente a isto surgiu uma pessoa que até então era completamente desconhecida para mim: o louro. Convidou-me para fazer parte do fórum do serviço de alojamentos webtuga, o webtuga.net com o cargo de moderador. Foi uma experiência muito nova para mim, no qual gostei muito de ter ajudado. Aprendi mais coisas sobre alojamentos web do que teria aprendido nos livros. Lá estava eu, sempre disposto a ajudar e a atribuir contas para o pessoal depois de estes cumprirem com os requisitos mínimos para ter direito às contas webtuga.net. Pouco depois, o louro estava a gostar tanto da minha participação (parto do princípio que estava a fazer um bom trabalho), que me promoveu a administrador do fórum do webtuga.net e passei a “controlar” o pessoal.

A atitude era sempre a mesma, ajudar, ser imparcial nas discussões mais acesas e acima de tudo não ser influenciado por ninguém (pois que entretanto os meus contactos msn aumentaram imenso, passando de uns modestos 25 para quase 200 familiares, amigos ou conhecidos). Sempre me considerei uma pessoa justa e amiga (a meu conhecimento não conheço ninguém no mundo web que me considere uma besta, um egoísta ou então um merdoso qualquer). Acima de tudo, respeito a pessoa que está do outro lado. Não lhe critico e não o considero um ignorante (todos nós somos ignorantes em vários pontos).

Agora não posso escrever mais tempo que vou fazer a minha ida habitual a Alvalade. Continuo mais tarde após o meu regresso.