post

Bespin: Um novo Editor de Código Online da Mozilla Labs

Se trabalham com código vão ficar impressionados. A Fundação Mozilla lançou o Bespin, um serviço online desenvolvido no Mozilla Labs. Trata-se de uma ferramenta de edição de código “web”. Foi desenhado de forma a facilitar a introdução de código, tornando-o robusto, fácil de trabalhar e de partilhar com outros programadores sendo acessível em qualquer parte do mundo. A ferramenta é rápida, com um interface limpo e bem desenhado, e está pronta para ser usada de imediato.

Bespin interface

Bespin interface

Seguem-se algumas das características mais impressionantes:

  • Linha-de-comando integrada.
  • Rápida.
  • Edição partilhada.
  • Edição de ficheiros grandes.
  • Destacamento de sintaxe.
  • Interface simples de cores escuras.
  • Explorador de ficheiros inovador e produtivo.

Todo o código fonte por detrás do Bespin foi lançado como “open source”, o que deve levar a algumas melhorias e mudanças bastante dramáticas, a curto ou a médio prazo. Pois, actualmente apenas temos disponíveis as funções de edição online de projectos e a importação/exportação dos mesmos. As funcionalidades de colaboração com outros ainda não se encontram disponíveis visto que as mesmas ainda estão em desenvolvimento.

Para terem uma ideia melhor do que é o Bespin, nada como um video de demonstração:

post

Tuxs de todas as formas e feitios

Para mim, é importante cada pessoa ter um tux no qual se identifica, no meu caso optei pelo Tux-Teacher que basicamente traduz aquilo que sou, uma pessoa que está sempre a ajudar e tenta explicar o melhor que sabe na área que conhece, pelo menos é o que diz o pessoal da faculdade. Dizem que tenho jeito, se bem que não me vejo a exercer essa profissão (sou um bocado tímido e fico muito nervoso quando todos estão a olhar para mim).

Basta o desenho de um pinguim aparecer em qualquer lugar (site, revistas, livros, etc) para que muitas pessoas com conhecimentos de informática associem a imagem logo ao Linux. Para quem não sabe, o Tux é a mascote oficial do GNU/Linux. Foi criado para um concurso de logótipos para Linux por Larry Ewing através do GIMP e tornou-se num ícone para a comunidade Linux e Open Source. É frequentemente vestido ou retratado de maneiras diferentes, dependendo do contexto. Existem várias versões do Tux na Internet. A que tem feito mais sucesso ultimamente é a 2ª versão do pinguim criado para os ícones Crystal.

O primeiro Tuz criado por Larry Ewing

O meu primo, o CrossIron do Gametuga (que por acaso faz hoje anos, logo PARABÉNS!!!!), arranjou-me um pack de tuxs bastantes porreiros. Fiquei tão contente que resolvi partilhar com o resto do pessoal.

Pack de Tuxs

O pack contém cerca de 950 Tuxs para dar e vender!

Pack de Tuxs (~60MB)
Download

post

OpenOffice 3 vai importar PDFs, suportar WordPress e Wikis

O VentureCake publicou um artigo sobre as novidades previstas para o OpenOffice 3, baseando-se numa apresentação de Louis Suárez-Potts na OOoCon 2007.

Entre as várias novidades mencionadas destaque para a possibilidade de importar PDFs para editar no OpenOffice Draw, mantendo o layout original, e a possibilidade de exportar PDFs híbridos, que contêm um bloco de ODF embutido no seu interior, permitindo a sua edição também.

Outro destaque também é o aparecimento de versão oficial do OpenOffice para Mac OS X, que até agora só tinha uma versão beta. Desta forma, o código será lançado e actualizado juntamente com as versões para Windows e Linux. Para os utilizadores do Vista também podem ter uma integração com o 3.0.

OpenOffice for Mac

Também vai suportar a edição de blogs (incluindo WordPress e Movable Type) e Wikis. Eu gostei dos gráficos apresentados, das melhorias no suporte a LaTeX e da inclusão de novas rotinas de bancos de dados. Mas não simpatizei tanto assim com a inclusão de recursos de PIM. Continue reading