post

Van der Sar, o adeus de um guardião

Adeus de Van der Sar

É com esta imagem que Van der Sar abandona, aos 37 anos, a selecção da Holanda. O guarda-redes, despediu-se com uma derrota por 3-1 contra a Rússia nos quartos de final do Euro 2008. Fez uma boa exibição, apesar dos 3 golos sofridos (o último não merecia). Após 129 jogos, o guardião é o mais internacional de sempre do seu país e possui um currículo invejável cheio de títulos. Participou nos Euros 1996, 2000, 2004, 2008 e em dois Mundiais (1998 e 2006).

É com muita tristeza que vejo sair outro grande guarda-redes depois de outras tantas como Peter Schemeichel (eh lá, logo à primeira escrevi bem), David Seaman e Oliver Kahn, guarda-redes que fizeram história nas suas respectivas selecções.

Sendo a minha posição de guarda-redes quando jogo à bola, sei o que é também sair de uma competição e abandonar uma equipa. No meu caso, resolvi dar prioridade aos meus estudos para conseguir ter uma boa carreira como trabalhador do que passar alguns anos a jogar e depois recomeçar os estudos. Não sou um guarda-redes da categoria destes colossos que entretanto referi mas, o sentimento é o mesmo. Abandonar uma coisa que durante anos nos dava alegrias e algumas tristezas e ficar a assistir de fora custa muito. Mas, é  a lei do futebol, joga-se até o corpo permitir.

Pelo menos ainda vai ficar mais um ano a jogar no Manchester United, clube vencedor da Premier Ligue e da Liga dos Campeões. Que o aproveite bem.