post

Uma paixão

Desde pequeno que estou habituado a ter animais em casa, desde pássaros ou papagaio a tartarugas ou cágados, passando pelos porquinhos da Índia a esquilos e mesmos os normais cães e gatos.

E agora ao longo destes anos, constato que a minha paixão são efectivamente os gatos. Aprecio-os bastante porque são inteligentes e autênticos e, na minha opinião, são mais parecidos com o ser humano. Os cães são mais extrovertidos, mas não mais brincalhões. A principal diferença de entre os dois, é que os gatos são mais discretos, introspectivos e exigem mais respeito, que o melhor amigo do Homem. E quando digo respeito, refiro-me ao facto de não se pôrem em posição de submissão em relação a nós, ao contrário dos cães em geral que olham para nós a fazer de coitadinhos com os olhos e as orelhas baixas.

Cats

Não são traiçoeiros, muitos pensam que sim mas não entendem que nunca se sabe que quando se sentem ameaçados, podem reagir em qualquer momento (uma característica comum a nós). O gato tem a natureza selvagem, isso é que é maravilhoso, além de serem muito charmosos, os seus movimentos e instintos felinos são fantásticos.

A minha mãe, que é tosquiadora de cães e gatos diz que as pessoas que apresentam afinidades com gatos demonstram que são sensíveis e sabem respeitar o espaço dos outros (olha eu).

Dedico este post aos meus três gatos, Ebony, Preta e Ivory que tenho cá em casa e a todos os outros que tive que entretanto nos deixaram, Princesa, Duquesa, Pipoca, Bennetton e Vádia.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *