post

Van der Sar, o adeus de um guardião

Adeus de Van der Sar

É com esta imagem que Van der Sar abandona, aos 37 anos, a selecção da Holanda. O guarda-redes, despediu-se com uma derrota por 3-1 contra a Rússia nos quartos de final do Euro 2008. Fez uma boa exibição, apesar dos 3 golos sofridos (o último não merecia). Após 129 jogos, o guardião é o mais internacional de sempre do seu país e possui um currículo invejável cheio de títulos. Participou nos Euros 1996, 2000, 2004, 2008 e em dois Mundiais (1998 e 2006).

É com muita tristeza que vejo sair outro grande guarda-redes depois de outras tantas como Peter Schemeichel (eh lá, logo à primeira escrevi bem), David Seaman e Oliver Kahn, guarda-redes que fizeram história nas suas respectivas selecções.

Sendo a minha posição de guarda-redes quando jogo à bola, sei o que é também sair de uma competição e abandonar uma equipa. No meu caso, resolvi dar prioridade aos meus estudos para conseguir ter uma boa carreira como trabalhador do que passar alguns anos a jogar e depois recomeçar os estudos. Não sou um guarda-redes da categoria destes colossos que entretanto referi mas, o sentimento é o mesmo. Abandonar uma coisa que durante anos nos dava alegrias e algumas tristezas e ficar a assistir de fora custa muito. Mas, é  a lei do futebol, joga-se até o corpo permitir.

Pelo menos ainda vai ficar mais um ano a jogar no Manchester United, clube vencedor da Premier Ligue e da Liga dos Campeões. Que o aproveite bem.

4 thoughts on “Van der Sar, o adeus de um guardião

  1. o van der sar eh um genio incomparavel.eu me emociono com as maravilhosas atuações deste monstro do futebol mundial.fico triste por você ter que parar .espero que um dia você saiba que eu sou o seu maior fã

  2. Um grande jogador. 🙂

    Tive imensa pena por não ter visto a Holanda chegar à final e vencer… mas a verdade é que não mereceram ganhar à Rússia, pouco ou nada fizeram. 😕

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *